Essa é pra quem tem alergia (como eu)

Quem tem alergia sabe o quanto a coisa é bizarra. Não raro, a peregrinação por diversos médicos em busca de uma solução - ainda que temporária (já que alergia não tem cura) - é parte da rotina. Eu já perdi as contas de quantos médicos eu já vi por causa dos meus tormentos. Também conto nos meus dedos empolados quantas vezes tive sucesso. O fato é que a Miss Alergia aqui sofre diante de quase tudo. Rinites e dermatites preenchem meu cotidiano. Nem vou citar o que causa reação nesta que vos escreve, pois a lista é longa e não quero deprimir ninguém. Também não vou contar as agruras por que passei em função disso tudo. Não vou falar da dermatite que me acompanhou por cinco anos no dedo indicador da mão direita (sou destra) 24 horas por dia, 365 dias no ano. Também não vou contar sobre a vez em que fiquei sem paladar ao longo de seis meses por causa de uma rinite sem fim. Não vou dizer que há uma década não sei o que é esmalte (mesmo o hipoalergênico, que pra mim é uma piada sem graça). Não vou comentar que todas as minhas calças jeans têm um pedacinho de tecido de algodão costurado atrás do botão, onde ele encosta na pele, etc e tal. Em suma, não vou explicar nada. Vou apenas recomendar um blog excelente sobre o assunto, o Blog da Alergia. Passa lá, colega!

Comentários

arquivo do blog

Mostrar mais