Desquerendo o Chloé EDP


Aconteceu um milagre: deixei de querer um perfume que estava na minha wishlist! Sim, desquero o Chloé EDP New (falei dele aqui). Ok, entrou outro no lugar. Um flanker do próprio, aliás. Agora desejo o Chloé Rose Edition. Rá!

A exemplo do EDP, não conheço o Rose. Tudo o que sei é que este último é uma edição limitada com uma saída mais acentuada de rosas. Dizem que, ao borrifar, ele é mais aberto, mais alegre, mais fresquinho que o EDP, e que depois tudo fica bem parecido (ou seja, elegante, romântico, aveludado, macio e fresco). Ah, sim, outras diferenças: o lacinho dele é rosa (o do EDP é bege) e o precinho (que já não era pequeno) é ainda maior.

As notas do Chloé Rose Edition são rosas, lichia, peônia, magnólia, lírio do vale, âmbar, mel e cedro. Sim, as notas são as mesmas; apenas o tom da saída difere, como eu expliquei aqui em cima.

Enfim, como o Rose é uma edição limitadíssima (ele foi criado pra ser vendido durante a primavera deste ano lá no hemisfério norte, isto é, de março a junho), ele acabou passando na frente. É o próximo da lista.

Comentários

arquivo do blog

Mostrar mais