Marca preferida


Gente, vocês também têm uma marca de perfume preferida ou eu sou a única doida? Sim, porque eu tenho. E, justamente por causa disso, nutro uma boa simpatia por qualquer fragrância da marca em questão. É ouvir falar nela que reviro os olhinhos, apostando todas as minhas fichas no “ah, mas é claro que eu vou gostar desse perfume”. No meu caso isso rola com a Guerlain. Incrível como tenho vontade de ter praticamnete todas as fragrâncias da maison, mesmo sem conhecer a maioria. rs

Minha vontade é pegar a [marca] Guerlain no colo e ficar fazendo carinho. Sou doida. Eu disse.

Eu sei que isso acontece porque meu perfume-metade é o Eau de Shalimar (da Guerlain, obviamente). Mesmo assim, ainda estranho essa fascinação que sinto pela marca. A história da Guerlain também não é de se jogar fora e julgo ter parte nessa minha admiração. Sou fã. Simples assim. Tudo bem que nem tudo são flores. Tem coisa da Guerlain que não me apetece, como o Insolence, por exemplo.

O mais curioso é que, conversando com a gerente de uma perfumaria daqui da minha pequena grande cidade, descobri que a marca é uma das menos vendidas cá por essas bandas. “É bem difícil achar alguém que gosta de Guerlain”, ela me disse. “Por isso, quase nem trabalhamos com a marca”, completou ela, para o meu desalento. Naquela hora, tudo o que eu via da marca na prateleira era o Samsara e o famigerado Insolence.

Outra maison de que gosto é a Bvlgari. Apesar de não me encantar com todos os perfumes da casa, gosto dela. Sei lá o motivo. Só sei que a marca me transmite algo tão bom, mas tão bom, que me sinto bem só de olhar o frasco do meu Blv Notte. No mais, taí mais uma marca que também não encontro facilmente na minha cidade (ainda que eu use as lojas físicas só pra cafungar os perfumes pra depois comprar fora, néam?). Também curto bastante Marc Jacobs, outra maison inexistente por aqui.

Vai ver eu quero ser uma mulher Guerlain durante a maior parte do tempo. Em outros dias, Bvlgari. E, algumas vezes, Marc Jacobs. Rica, impecável, chique. Sempre chique. E rara!

Por outro lado, há marcas pelas quais, sei lá o motivo, não nutro simpatia. Não é porque os perfumes são ruins (aliás, não existe perfume ruim, já que tudo é uma questão de pele, nariz, momento e gosto), mas é que eu realmente não me sinto atraída pela marca. Sabe quando não dá vontade de soltar rojão ao ver determinado perfume na prateleira da loja? Isso acontece com Puma, Calvin Klein, Diesel e Elizabeth Arden (apesar de eu ter acabado de comprar uma mini da tia Elizabeth por indicação de uma galera, diga-se de passagem). Na loja, me sinto impelida a cafungar um mesmo Dior pela enésima vez a conhecer um lançamento da Puma, por exemplo. E olha que a Dior nem está entre minhas queridíssimas.


Enfim, cada um com seu cada qual.

Comentários

  1. Claro..minha preferida eh a Bvlgari emparelhada km a Dior (q faz o meu segundo perfume preferido ever).
    Meu santo simpatiza moooito km o da Guerlain tb e outras q sao paixao nova:Hèrmes, Annick Goutal e Jo Malone (tø doida atras de um bonito pra chamar de meu!)
    Gosto bstt do Kenzo e da Chanel for sure!

    ResponderExcluir
  2. Ah, as Alegorias da Guerlain e os Jardins de Hermes estao fazendo meus olhinhos revirarem..;)

    ResponderExcluir
  3. Não tive muita sorte com os Guerlain que experimentei (todos eles comprados no escuro, porque nunca achei essa marca para experimentar). Mas gosto muito de Kenzo, Cacharel (que tem poucas fragrâncias de muito sucesso), Dior, Jennifer Lopez, Shakira, Chloé, Givenchy, Natura Ekos, Nativa SPA, Yves Saint Laurent, Issey Miyake... Resumindo: estou bem longe de ter uma marca favorita. :)

    ResponderExcluir
  4. Helen, Guerlain pra mim vai no escuro também. Poucos eu provei antes (e só rolou porque ganhei amostras). Aliás, aqui na roça só acho os batidões e olhe lá.

    ResponderExcluir
  5. Oi Van... Tudo bem??? Então, como você falou que uma de suas marcas preferidas, para não dizer que é a preferida, rsrsrs, é a Guerlain, queria saber de você, com toda essa sua sabedoria "perfumistica", o que acha do My insolence??? COnhece ele? Se sim, gosta??? To querendo muito comprar um para chamar de meu, tenho lido sobre ele, e realmente tenho gostado do que vejo, mas como sou mega enjoada, e tenho uma enxaqueca que as vezes aparece afim de me matar, queria saber o que achas? Bjsss sempre!

    ResponderExcluir
  6. Giselle, tô mesmo devendo resenha do My Insolence, menina! Prometo que faço em breve. Mas, olha, cá entre nós, de uma pessoa enxaquecosa pra outra: nada garante que o mais suave dos suaves vai nos poupar da dor, assim como nem sempre uma bomba vai disparar o tormento. Experiência própria. Agora imagina a pessoa aqui que tem enxaqueca, rinite e ainda coleciona perfumes. Pois é.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pela resposta Van... Mas por favor, se está devendo a resenha do My Insolence... Pagueeeee, rs!!! Quero e preciso dela... E do My insolnce, acho que também! Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Giselle, semana que vem ela vai pro ar, gatona! Passei ela na frente das outras em sua homenagem. Mas já adianto: se você curte frutas vermelhas e talquinho, se joga!

    ResponderExcluir
  9. Oi Van... Olha eu aqui de novo!
    Quero agradecer, pois você nem sabe o quanto esperei por esta resenha!!!
    Rsrsrs... E ela chegou quase juntinho com o meu My Insolence...
    Maridinho estava na Argentina, e junto aquelas maravilhas de Alfajor,
    veio este belo... Devo confessar que amei, e Graças, minha
    enxaqueca não gritou, pelo menos ainda não, porque só usei uma vez, mas
    espero que ela continue caladinha, bem escondida no seu canto!!!
    Simplesmente, adorei. ele é tipo aquilo tudo que eu estava esperando...
    Sou louca, sei que sim, mas depois de muito ler, sobre um determinado
    perfume, idealizo seu cheiro, e isso, algumas vezes, como no caso deste,
    é bem legal, ruim é quando agente se decepciona, não é??? Ainda bem que
    com este, foi puro amor, e espero que continue sendo! Amei a vibe
    talquinho, docinho, frutas vermelhas... Curto muito essa coisa cor de rosa!
    Bjs, e mais uma vez obrigada pela resenha, pois adoro ler o que escreve,
    e viajar pelas fragrâncias, com essa sua forma descontraída de escrever.

    ResponderExcluir
  10. Falar de UMA marca preferida é difícil, Van......são tantas, meu Deus.
    Mas posso falar de uma que produziu e produz as minhas maiores paixões até hoje em perfume: Thierry Mugler, sem dúvida.
    Abraços muglerianos, melados de açúcar, rs!

    ResponderExcluir
  11. Giselle, que bom que você curtiu o seu perfume e o meu texto! Espero que você e o My sejam felizes pra sempre! Talvez você goste também do La Petite Robe Noire EDT, viu? Tente prová-lo. Fica a dica.

    Ubiratan, Mugler sempre me fala de intensidade, de paixão e ódio, de se posicionar no mundo. Ainda que eu não me identifique muito com os perfumes da casa, reconheço que todos eles são obras-primas que se comunicam muito bem com o público.

    ResponderExcluir
  12. CHANEL, sou pobre, mas sou Chanel...menos o number five.

    ResponderExcluir
  13. Dani, tenta cafungar a versão Eau Première do 5. Garanto que você vai amar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!