Pagando a língua: Eau de Glow


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off


Eu adoro pagar a língua. Adoro mesmo. De verdade. Ter certeza de algo e depois ver suas convicções irem por água abaixo é lindo. Prova que o ser humano ainda tem jeito em meio a esse mundão, sabe? E quem me acompanha sabe o quanto meu nariz é volúvel. Ele muda de opinião mais do que político desesperado por votos em cima de palanque.

Enfim, falei do Eau de Glow (J. Lo) há poucos dias aqui. E, bom, retiro boa parte do que eu disse. Boa parte porque a saída de produto de limpeza existe e a suavidade predomina em seguida, como eu havia dito. E é justamente a tal delicadeza que me pegou de jeito agora. Pois é, passada a tempestade, chega a calmaria. E que calmaria! De certa forma, aquela candura toda que chega depois a la sabão em pó me conquistou.

Eau de Glow é sim mais contido do que o irmão mais velho Glow. Tão mais contido, que tenho preferido ele. Ele não grita seco, não berra, não esperneia como o primogênito, saca? Eau é suave, calmo, leve, e tenho curtido isso com força. Curtido tanto, que arranquei o Glowmo da wishilist e taquei nela o Eau de Glow. Eu sou uma banana mesmo. Rá!