Giovanna Baby e os demônios


by Vanessíssima em ,

Comments Off

Preciso exorcizar alguns demônios. Tenho dessas às vezes. Botei na cabeça que preciso ter o famigerado Giovanna Baby rosinha de novo pra tirar a aura nebulosa que paira sobre ele na minha vida. Usei esse perfume [eu e a torcida do Flamengo, néam?] quando eu estava no comecinho da adolescência (lá pelo início dos anos 90) e vos digo que ele me acompanhou numa fase braba. De modos que o coitado ficou com uma vibe ruim que eu quero eliminar. Sinto que tenho que usá-lo de novo, agora que estou plena, pra resgatar o coitadinho. Não quero que ele continue sofrendo, que fique preso no passado, que siga agarrado a um momento punk da minha vida. Giovanna Baby rosa, você precisa de ajuda e aqui vou eu! Sim, eu sou doida. Quem me acompanha sabe. Pra quem tá chegando agora, prazer, sou doida.

A propósito, naquela época, notas pra mim eram as musicais ou as de dinheiro. E eis que hoje tive a curiosidade de pesquisar o que vai no Giovanna Baby. Bom, vai isso: lavanda, rosa chá, jasmim, muguet, sândalo e musk.