Cafungando a baunilha extrema da CSP


O meu é este, da embalagem nova (sim, ela mudou)

Ceis lembram que eu
chiei aqui que queria um perfume com cheiro de essência de baunilha culinária e que achava que o Vanille Extreme (Comptoir Sud Pacifique) seria isso, néam? Pois bem, catei um. Não tinha como não. Fato.


De modos que meu
Vanille Extreme chegou e, bem, oops. Pois é, ainda não achei a minha baunilha Dr. Oetker em forma de perfume. Mas digamos que eu tô quase lá. Sim, porque esse perfuminho da Comptoir é o que mais chega perto do que eu tô querendo. E, gente, cá entre nós, que grata surpresa esse Vanille Extreme, viu? A viciada em baunilha aqui adorou!


Não senti o toque alcoólico, licoroso mesmo, que eu desejava. Mas senti a baunilha bonita, reinando absoluta, toda linear, deliciosa, salivativa e tal. No lugar do alcohol notei um tico de leite. Mas, óh, as adoradoras de baunilha não hão de se decepcionar. Entre os inúmeros espécimes do tipo que me apresentaram nesta vida, esse é o mais comestível que cheirei. É o que mais se aproxima do que usamos na culinária e ponto final.


No mais, esse perfume não é do tipo que causa dores de cabeça em quem usa, viu? Quem é chegada numa baunilha sabe do que eu tô falando. Tem baunilhas que requerem uma altíssima energia vibracional pra serem usadas, néam? Essa não. Apesar de doce à enésima potência, essa fragrância é confortabilíssima e, pasmem, em mim, supre com louvor a necessidade de comer doces. Será que descobri a dieta da baunilha? Rá!


Todavia, é evidente que coisas extremas requerem parcimônia. Ou seja, guarde seu
Vanille Extreme pro frio, dê pouquíssimas borrifadas e seja feliz!


Comentários

  1. Estou namorando esse no Fragrancenet e o Vanille Reminiscence no Morangão. E minha conta corrente chora...

    ResponderExcluir
  2. Ana, ai, ele é tão bão, colega... E minha conta nem chora mais. Já secou a lágrima, sabe? rs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais