Stellando



Quem muito deseja muito consegue. E aí que desejei e obtive Stella Nude (Stella McCartney). Fui lá e catei no escuro. Tenho a dizer que o bichinho é irmão gêmeo da finada body lotion Delicate Petals (Victoria's Secret). Quem conhece um conhece outro. A saída e o corpo são idênticos! Rosa e grapefruit, grapefruit e rosa. Veja bem, mais rosa do que qualquer outra coisa (pra não perder a vibe Stella, toda trabalhada na rainha das flores). 
Refrescante define. Cintilante também. Pimenta rosa, peônia, âmbar e baunilha também estão lá, no Stella Nude. Não conheço o Stella original. Fui nesse porque disseram ser uma versão mais luminosa do tal. Pois bem, Stella Nude é lindamente flor com fruta azedinha. Nada de doçura melosa não. Elegante, moderno e clean, ele é curinga. Fácil de se imaginar numa noiva cujo casório se dá num lindo fim de tarde de primavera. Fácil de se borrifar na hora de seguir para o trabalho. Cheiro de gente limpinha, asseada mesmo. Taí um perfume bonito! 

Comentários

  1. Muita ryqueza a Dona Stellinha, estou bem curiosa com o Loverdose da Diesel, apesar de ter um pezinho atrás com a marca acho que são fortes demais, e o Love da Chloé, já cafungou?
    Você viu a nova edição do Nina Princesse d'Un Jour que vidro é aquele muito fofo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diesel costuma não me apetecer não, por isso nem fui atrás do Loverdose.

      Love, Chloé não só cafunguei como tenho e amo! Falei dele aqui:
      http://vanmulherzinha.blogspot.com.br/2012/05/love-chloe-amando-o-amor.html

      Esse frasco desse Nina berra meu nome! Lindo, né?

      Excluir
    2. Vanessa eu tenho trauma de um Diesel que comprei no escuro, até hoje está quase intocável, tenho dores de cabeça.
      Esse Nina é divooo, super comprarei hahahaha

      Love é ão, perfumão? Fiquei na dúvida entre o Love e o Chloe EDP.

      Faz um post com sua coleção, super curiosa hehe eu já cheguei na marca de 50 perfumes e não pretendo parar, compro por impulso, pelo frasco, no escuro. As vezes me arrependo, todas lojas que ando comprando tenho sido taxada uóh #Medaaaa. Dilma arrecadando muitos tributos e arrancando minhas calças.

      Excluir
    3. Bru, até hoje desgostei dos Diesel que provei, por isso não me animo com o Loverdose.

      Love não é perfumão não. Não sou afeita a perfumões. Entre ele e o Chloé eu teria os dois (aliás, eu tenho, mas a versão Rose do Chloé, um pouco mais aberta e iluminada). Sério, eles são incríveis! Se você curte rosa, o Chloé é bendito. Se você curte chá, o Love é amor. São lindos de viver esses dois. E diferentes. Não se parecem em nada. Por isso acho válido adquirir a dupla (aos poucos, pra não falir rs).

      Um dia listo aqui a minha coleção sim (ou atualizo meu perfil na Fragrantica). Devo ter uns 70 perfumes mais ou menos, e o número só aumenta (sinceramente não sei ao certo quanto tenho, preciso contar rs). Eu pesquiso bem antes de comprar pra errar o mínimo possível. Vou atrás de resenhas, compro amostrinhas, tento provar nas lojas, tudo pra ir certeira no que me agrada. Até hoje não tive decepções (coleciono há alguns anos), exceto com as taxas.

      Excluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais