GreenTeando


by Vanessíssima em , ,

Comments Off



Tô gamadinha no Green Tea (Elizabeth Arden), meu povo! Esse baratinho me é muito caro. Temos nele frescor, delicadeza, conforto e simplicidade, coisas que merecemos em dias tórridos e loucos. Taí um sopro de paz! 


Mas deixa eu falar, ele é um cítrico aromático, viu? E eu, que torcia o nariz para os cítricos, estou contentona com meu Green Tea! O dito cujo traz ruibarbo, hortelã, casca de laranja, bergamota e limão na saída. Cravo, musk, jasmim, musgo do carvalho, âmbar branco e funcho surgem em seguida. Cominho, chá verde e sementes de aipo aparecem depois. Isso tudo na teoria. Na prática a coisa é outra.


Na minha pele, noto uma saidinha levemente cítrica adornada pelo limão, que dá lugar a uma singela xícara de chá verde. Junto com elas, sinto uma leve lufadinha docinha (coisa pouca mesmo, apenas o suficiente pra abrandar a alma).


Extremamente mimoso, pode-se tomar banho de Green de Tea sem medo, sem dó, sem parcimônia. Não se fica over com ele. Jamais! Nada de dores de cabeça, engulhos ou afins.  


Lindo, calmo, relaxante, equilibrado, contemplativo e intimista definem. Em suma, um cítrico que acalma, que te deixa com sorriso de Buda.