Fleurseando na cerejeira


by Vanessíssima em , ,

Comments Off



Hoje eu quero elucubrar acerca de um querido. E o nome dele é Fleurs de Cerisier, ou Cherry Blossom, ou Flor de Cerejeira, como preferir. O sobrenome? L´Occitane.


Desejei aqui, comprei há um tempinho, numa promo amiga lá no site da loja, e tenho usado bastantão esse dito cujo. Ele é belo, todo belo. Cheirinho de mulher limpa e educada. Solar, fresco, leve, cintilante, alegre, delicado, arejado e poético definem.

Ele começa todo frutal, com cerejinhas e groselhinhas negras. Sinto um quê picante, azedinho, mas bem leve, assim de soslaio. Também tem lírio-do-vale, mas ele me parece tímido, tadinho. Frésia e flor de cerejeira também estão lá, sendo esta última por mim deliciosamente mais notada. E então chegam pau-brasil, âmbar e almíscar, conferindo, segundo meu nariz, sutis toques amadeirados e almiscarados (é, não percebo o âmbar).

Nada nele é sintético, over, chato. É tudo bem natural, calminho, fresquinho, docinho e chiquetoso. Um dos perfumes mais bonitos que já senti! Pena que a fixação desse cheiroso não é grande coisa, mas eu juro que não ligo de reaplicá-lo ao longo do dia.

Ganhei o creme de mãos dessa linha e vos digo: ele é tudo de bom (em todos os aspectos), mas em termos de fragrância ele não chega aos pés do perfume!