Todos gostam, menos eu


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off



Já aviso: vou pegar pesado. E digo mais: não me matem, tampouco levem a coisa pro lado pessoal. Gostar ou desgotar de fragrâncias é algo personalíssimo, coisa de pele, de humor e de nariz. De modo que listei os perfumes mais incensados por narizes amigos, porém rechaçados por minha pessoa. Lembrando sempre acerca da mutabilidade de minhas narinas (o que odeio hoje posso amar amanhã, e vice-versa, vide este post e os demais do blog). Simbora difamar unanimidades!


Flowerbomb (Viktor & Rolf): bomba açucarada linear, chata e sufocante define.

Narciso For Her (Narciso Rodriguez): tanto o EDP quanto o EDT têm algo que meu nariz não tolera nem a pau, um cheiro estranho, indecifrável pra mim (e não é o almíscar). Resultado: enxaqueca na certa!

Miss Dior Chérie (Dior): só conheço a versão antiga, que acho enjoativa, com morangos sintéticos enxaquecosos e com uma ardência incômoda. 

Coco Mademoiselle (Chanel): tudo nele me azucrina. Cá entre nós, quase nenhum Chanel me apetece. Prontofalei. 

Amethyst (Lalique): folhas de amora podres esmagadas irritantes. Sem mais.

Midnight Fantasy (Britney Spears): sintético, sintético e sintético. Eu já disse que achei esse perfume muito sintético?

Light Blue (D&G): sinto um limão azedo tão afiado que chega a decepar o meu nariz

Euphoria (Calvin Klein): um trauma antigo. Uma pessoa próxima tomava banho com esse perfume todo santo dia. Resultado: passei a odiar o perfume (quando deveria odiar a pessoa em questãn, né?) e fiquei com a pior crise de rinite da minha vida, chegando a perder o paladar por seis longos meses (sim, seis!). Sorte que a pessoa não é mais próxima.

Signature (Escada): não consigo sentir o cheiro dele porque borrifo o dito cujo e meu nariz coça pra danar e minha rinite chega chegando com tudo (olfato zero!).

Você também torce o nariz pra unanimidades? Compartilha aí nos comentários sem medo de ser feliz/apedrejada!