Archive for Fevereiro 2013

Noa Fleureando


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Graças à minha vizinha Helen, conheci uma pequena delícia que atende pelo nome de Noa Fleur (Cacharel). Ou melhor, atendia. É, pois é, mais um que foi pro limbo dos descontinuados, minha gente. Choremos. 


O fato é que esse flanker do meu amado Noa (falei dele aqui e aqui) é/foi foférrimo! Cata lá o Noa e joga umas flores nele. Enfia também um cadim de sabonete na coisa toda. Taí o Noa Fleur

As notas de saída dele são cassis e coentro. As de coração são noz-moscada, hibisco, café, peônia e rosa búlgara. As notas de base são benjoim e almíscar. Rosa, hibisco e peônia dominam. Mais rosa do que peônia e hibisco. Tudo bem rente à pele e confortabilíssimo. Café, cadê você meu filho? Benjoim? Presente! Almíscar? Presente! Noz-moscada? Faltou! Ufa, ainda bem (não gosto de noz-moscada, me deixa!).

Delicadíssimo, suavíssimo, belíssimo e quietinho. E, acredite, ele consegue ser ainda mais sutil do que o Noa original. Aliás, na boa, Noa Fleur é um Noa cor-de-rosa, romântico, inofensivo e inocente. E tenho dito! Por isso, se você torce o nariz pro Noa, nem precisa se atiçar pra conhecer o Fleur. Esquece ele e parte pra outra.

E eu nem falo mais nada sobre essa mania babaca que a Cacharel tem de descontinuar belezuras, viu? Arre!

No mais, eu bem que seria a feliz dona de um frascão de Noa Fleur via ebay. Mas o que cobram lá (e só tem lá) é uma anomalia (considerando a fragrância em questãn). Noa Fleur é uma delícia, mas não vale tudo aquilo que estão pedindo mais o frete.

Gerundismos, superlativos e vizinhas más povoam o meu aromático mundão.

Egeo Choc, o retorno


by Vanessíssima em ,

Comments Off


Um passarinho me contou que o
Boticário vai botar nas prateleiras again and em edição limitada outra vez o famosinho Egeo Choc. Ele deve chegar no início de março pra marcar a Páscoa, já que nem só de ovo se vive, não é?

Eu sei que meio mundo idolatra esse perfume que eu juro que não cafunguei na última vez em que ele esteve na roda (fim de 2011?). Curiosidade me define hoje. De modos que, desta vez, ele não escapa do meu nariz (quiçá do meu domínio de alma formiga).

É fato que o doce Egeo Choc deixou inúmeros órfãos e viúvas, então imagino que ela seja bão. O frisson foi tal que, no fim do ano passado, cheguei a ver exemplares usados à venda do Mercado Livre por módicas 250 realidades. Sim, você leu bem: duzentos e cinqüenta reais! Sem mais.

Scentmap


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Será que só eu não conhecia o Scentmap? Uia, você também não? Então me deixa explicar o que vem a ser o site supracitado. O Scentmap nada mais é do que uma versão virtual daquele momento em que você chega na loja e diz pra vendedora qual perfume você curte e pede sugestões de algo na mesma vibe, sacou? 


Na real, você chega lá no Scentmap, escolhe uma grife e seleciona uma das fragrâncias da marca em questãn. O site, então, te mostra cinco sugestões de perfumes com base na sua escolha. E se você clicar em alguma sugestão, o site vai te apresentar mais cinco indicações na mesma pegada. E por aí vai.

Você pode também refinar a pesquisa, bastando selecionar um dos seguintes critérios: perfumes quentes, frios, expansivos, intimistas, clássicos, novos, raros ou mais vendidos.

Ah, e dá pra clicar em cada perfume sugerido pra saber mais sobre como ele se encaixa em relação ao clima, a qual família olfativa ele pertence, quais notas ele traz (de saída, de coração e de base) e qual a personalidade da fragrância.

O legal é que você também pode usar o Scentmap pra selecionar os perfumes que você odeia e saber de quais fugir. Rá!

Assim como as vendedoras não conhecem todas as fragrâncias do mundo e acabam dando bola fora na indicação às vezes, o Scentmap também vai por aí. Faltam fragrâncias no banco de dados deles e nem sempre as sugestões são, digamos, coerentes. Mesmo assim, vale a brincadeira.

É claro que você não vai acreditar cegamente no site, néam? É preciso ir à luta e cafungar com seu próprio nariz. Mas quem resiste a um site desses, hein?

Madly e o bicho errado


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Eu sou Kenzete, cara. Sérião. Gosto de praticamente tudo o que Kenzo-san traz em termos perfumísticos. Por isso mesmo, não sei como eu me esqueci de ir atrás do Madly pra cafungar. E, bão, daí que eu fui. E o que tenho a vociferar é triste, colega. Muito triste. E simples: não rolou.


Borrifei o EDP e senti apenas unicamente tão somente e não mais do que própolis. Do comecinho ou fim. E nada além. Horizonte pequeno mesmo. Loucamente própolis (tendeu o joguete com o nome fragrância? hein? hein? hein?). 

E, caraca, como cheiro de própolis me atormenta nessa vida! Odeio! Sou familiarizada com a coisa, sabe? Aliás, vou além. Sou usuária da coisa (aplico extrato de própolis na espinha pra secar a monstra fikadica). De sorte que garrei birra do Madly que, por sinal, fixa absurdamente bem.

Descrito como floral oriental, oficialmente ele traz flor de laranjeira e pimenta rosa na abertura, incenso, heliotropo e rosa no coração, e almíscar, cedro e baunilha na base. Ué, própolis, cadê você? É, pois é, não tem. Mas meu nariz e outros mais sentiram essa presença do além (ufa, não sou a única doida).

No mais, eu li que o frasco desse perfume foi inspirado no movimento das asas da borboleta em pleno vôo. Mas tenho cá comigo que Kenzo errou de inseto. Ah, se errou! Não era pra ser abelha não, Kenzo-san? Opa, a-be-lha, hai

Semana (dos frescos) que não foi semana


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Eu tinha prometido a Semana dos descontinuados, néam? Ai, putz, não rolou. Fica brava comigo não? Tive que encarar um calor do cão por aqui e apelei para os mais fresquinhos. Meus descontinuados não são lá um poço de frescor, sabe? Não que eles sejam bombas, mas é que eu precisava de algo üüüüüber fresh. Daí que usei isso:


Segunda

Noa (Cacharel): simplesmente indispensável. Delicado e inofensivo. Falei dele aqui e aqui.

Terça

I Love Love (Moschino): tenho vontade de beber esse perfume. Te juro! Foi falado aqui e aqui.

Quarta

212 (Carolina Herrera): frescor urbano batidão e gostoso e daí? Falei dele aqui.

Quinta

Chance Eau Tendre (Chanel): elegantemente simples. Todo clean. Falei aqui.

Sexta

Green Tea (Elizabeth Arden): chá verde com limão. Taí o único cítrico que conquistou meu coração. E que rima bonita, oi! Foi dito aqui.

Prometo que assim que o clima colaborar, me jogo nos descontinuados e venho contar! Olha, mais uma rima bonita, oi!

Parfum D´Étéando


by Vanessíssima em , ,

Comments Off

É possível um perfume ser cremoso e fresco ao mesmo tempo? Na minha cabeça/pele é. Parfum D´Été (Kenzo) é assim. Aliás, foi. Infelizmente essa coisa linda não é mais produzida. Com sorte se acha um frasco dando sopa por aí (às destemidas: tem na Fragrancex, de onde veio o meu após meu retorno triunfal à loja).

Mas deixa eu explicar uma coisa: Parfum D´Été foi originalmente lançado em 1992 e relançado dez anos depois. A primeira versão é diferente nos aspectos visual e olfativo, ok? O objeto deste post é, portanto, a fragrância nascida em 2002, beleza?

E, bão, daí que eu não sou pessoa de cair no conto do marketing, mas acho válido reproduzir as palavras oficiais divulgadas pela turminha do let´s make money. Seguem:

O verão em uma fragrância.
Kenzo cria uma fragrância lúdica e radiosa, para que a brisa do verão possa ser sentida durante o ano todo.
Ver a vida com leveza. Perfumar-se. Deitar-se na relva, sonhar e seguir o seu ideal de felicidade.

Leve, luminosa, sensual.
A fragrância é trabalhada para nos transportar na beleza das suas primeiras notas. Sem acorde de cabeça, mas com uma construção nova, direta, que exala imediatamente a suavidade leve e sofisticada de Parfum D'Été. 
Um perfume nobre, sem concessão, construído com matérias-primas de qualidade, totalmente fiel aos seus aromas de origem. 
As flores, o verde. 

Começo fresco: folha de lírio-do-vale
Coração floral: peônia, jasmim, jacinto
Fundo terno: sândalo, almíscares brancos

Fecha aspas. E posso falar? Confesso que não tinha lido o texto de divulgação até ir atrás dele pra escrever este post. Eu só saio em busca dessas coisas quando tô aqui sentadinha escrevendo. Não leio antes porque 1. quase sempre é tudo de uma besteira ingênua; 2. não quero influenciar os meus achismos. E, gente, não é que tudo isso aí em itálico se encaixa muito bem na fragrância?

Sendo Parfum D´Été um floral verde, já sabemos o que esperar, né? Acontece que ele é mais! Na real, esse perfume é todo trabalhado nas flores brancas cremosas, frescas e úmidas com folhas verdes. E como ele é sereno, colega! Ele é de uma paz encantadora, viu?

Noto uma certa doçura carinhosa nele. O jasmim é bastante perceptível ao meu nariz e me remete ao Beauty (Calvin Klein). Bem no fundinho eu noto um toquinho herbal e amadeirado, mas é coisa leve. Aliás, Parfum D´Été é todo leve, de um equilíbrio zen, sabe como? 

De fato, não se distinguem notas de topo, de corpo e de base. Esse perfume não evolui assim. Ele é um linear vivo que vai se aquietando gradualmente com o passar do tempo, mas tá tudo sempre lá, do começo ao fim. Um dos perfumes mais sinceros que já conheci. Bonito mesmo.

Achei covardia pura descontinuarem o dito cujo. E eu juro que não entendo por que os florais verdinhos não fazem o sucesso que merecem, principalmente cá por estas bandas tropicais.

In memoriam. 

Questão de movimento


by Vanessíssima em ,

Comments Off


Quem aqui tem mania de movimentar o frasco do perfume antes de borrifar o dito cujo? Depois de ouvir por aí, incrédula, que isso homogeniza a solução e deixa a coisa mais power, resolvi testar. 


E não é que deu certo? Gente, é sério, isso “acordou” o perfume, e o aroma ficou mais encorpado, mais exalativo (sic), sabe como? Será que toda a minha vida eu fui enganada pelos meus frascos? Será que só agora eu tô tirando o máximo proveito dos meus perfumes? 

Mas, óh, não é pra sacudir o frasco que nem o bartender sorridente faz com a coqueteleira, viu? Isso pode fazer o perfume oxidar mais rápido, segundo me disseram. 

O correto é rotacionar delicadamente o frasco umas cinco vezes, feito os apreciadores de vinho, girando enigmaticamente suas taças com um sorriso de Buda no rosto. 

Só sei que me deram toda uma explicação científica/química pra coisa, mas não me recordo dos detalhes, por isso vou me abster de seguir com a prosa. 

Faz o teste aí e me conta! Se você já costuma fazer isso, é favor desculpar a minha ignorância. Só sei que nada sei.

Desejo de abril: Live Colorfully


by Vanessíssima em , , , , ,

Comments Off

Mal vi esse perfume estampado na área New Fragrances do Fragrantica e já sei que preciso de um.

Ele será lançado em abril e pertence à grife Kate Spade (que não tem lá grande tradição na perfumaria).

E o que me chamou a atenção nesse tal de Live Colorfully? Simples: a cor do líquido e as notas (a saber: mandarina, vitória-régia, anis-estrelado, flor de tiaré, gardênia dourada, água de coco, âmbar, almíscar e baunilha do Taiti). 

Esse floral frutal promete, hein?

Pensativa


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Preciso muito saber o nome do maldito perfume que metade da roça vem usando! Gente, é sério, esse coiso tá me perseguindo. Vira e mexe topo com mocinhas, moçoilas e moçonas vestindo um acorde azedo fresco, misto de flor com suor. Subacão feelings, blergh. E eu sei que é perfume porque sinto logo cedinho, quando tá todo mundo indo trabalhar 
fedidinha cheirosinha e o cheiro é idêntico em todas elas. Imagino que seja algum campeão de vendas popularesco, mas me falta coragem pra perguntar qualé pras donas do futum. Ok, eu sei que esse lance de gosto é super pessoal, mas, putz, meu nariz garrou ódio dessa fragrância. Minha cabeça também. As moças passam e minha enxaqueca explode. Kaboom! Opa, eu sou chata, me deixa! E até semana que vem!

Desejo do dia: See By Chloé


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off


Sim, queremos! Como não? A pessoa aqui, apaixonada pelos cheiros da grife Chloé, tá contando os dias pra botar o nariz nesse perfuminho. Lançado no fim de 2012, See By Chloé é um floral frutal que traz bergamota e flor de maçã na saída, jasmim e ylang ylang no coração, e almíscar, sândalo e baunilha na base.

Más notícias do Reino Unido


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


É hora de darmos as mãos e chorarmos em uníssono. No meio do feriadão, descobri que nenhum perfume sai mais do Reino Unido. Desde janeiro deste ano, eles estão proibidos de enviar fragrâncias para outros países via correio. Aqui tem mais informações. 


Até onde eu soube, algumas lojas de lá ainda conseguem mandar alguma coisa, mas a maioria já parou e está cancelando todas as compras de fora do Reino Unido. 

E a coisa é séria. Se pegam os frascos, eles são apreendidos e destruídos e o remetente recebe uma carta de advertência. As implicações jurídicas disso (se é que elas existem) eu não sei, mas não devem ser fofas.

Como a restrição vale apenas para os correios, imagino que as lojas de lá que pensarem em nós e/ou quiserem sobreviver passarão a usar transportadora internacional (tipo Fedex). O ruim/proibitivo será o preço do frete. Bão, vamos aguardar o desenrolar da história.

Parece que já estão se mobilizando pra reverter essa coisa toda em 2014. Até lá, me dá sua mão e vamos chorando por aqui.

Semana do banho


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Deixa eu avisar: minha seleção não traz necessariamente perfumes assabonetados, ok? Esta semana escolhi fragrâncias que me remetem a cheirinho de banho tomado, de gente limpinha mesmo. E o que eu usei nesse sentido?


Segunda

Inspiration (Lacoste): cheirinho de abraço de gente limpa usando roupa limpa. Tô devendo resenha dele.

Terça

I Loewe You Tonight (Loewe): banho alegre e festivo. Foi falado aqui.

Quarta

Eau de Glow (J. Lo): sabão em pó delícia (opa, porque roupa também toma banho, como não?). Eau de Glowmo, segundo maridón (que sempre elogia esse perfume, aliás). Falei dele aqui.

Quinta

Love, Chloé (Chloé): banho de chá. Foi falado aqui.

Sexta

Fleurs de Cerisier (L´Occitane): ele, o incrível, o sublime, o insuperável no quesito gente-rycah-saiu-do-banho. Falei dele aqui.

Como semana que vem é Carnaval (sinônimo de descanso pra mim), não vai ter Semana de nada por aqui. Ficarei livre para voar nos dois dias úteis e meio que virão. Retomo a maluquice logo mais, não chorem. Não por ora. Guardemos as lágrimas! Vamos precisar delas. É hora de prepararmos os lencinhos. A próxima edição será a Semana dos descontinuados!

Piando


by Vanessíssima em , ,

Comments Off



Falha minha não ter comentado nada sobre o Pi (Givenchy) ainda, viu? Esse perfume é uma cousa de doido, aliás, de doida. Incrível como esse masculino foi feito pensando na ala feminina do hospício. De fato, esse amarelo-medo é um homem feminino (by Pepeu Gomes).


Pi já nasceu clássico lá nos idos de 1998. Ele é cremoso, morno, doce, elegante, marcante e, claro, confortável. Acho sexy, baby. Perfume de inverno pra mim. 

Meu narizinho histérico vê algumas semelhanças com o saudoso Organza Indécence, irmão de casa falado aqui. Seria o Pi uma versão masculina (mas com alma feminina) do Organza Indécence? Só sei que sou mais o Pi, seja em mim ou no sexo oposto. Por quê? Porque ele é mais usável do que o Indécence

Oriental amadeirado para homens-formiga e mulheres de presença, Pi abre com manjericão, alecrim, estragão e mandarina. O coração engloba neroli, gerânio, lírio-do-vale e anis. As notas de base incluem fava tonka, amêndoa, benjoim, baunilha, açúcar mascavo e cedro. Acredite, tá tudo lá, fazendo bonito, evoluindo lindamente na avenida.

Consigo sentir di cum força o benjoim, a amêndoa e a baunilha. O resto é um redemoinho de cheiro. Entendeu? Nem eu. Escapou.

Enfim, 3,14 é absoluto, gustativo, lindo e necessário. Quem mais tá comigo nessa?

Meu querido pó compacto


by Vanessíssima em , ,

Comments Off


Lembra quando eu desejei o De-Slick Mattifying Powder, da Urban Decay? Pois é, constato agora que não preciso mais dele. Achei um substituto bom e relativamente barato. E que é fácil de achar no Brasil! E posso falar? Não necessito mais do Blot (MAC) na minha vida. Sim, o milagre aconteceu. O nome do santo? Pó compacto Pure Makeup, da Maybelline (foto). A minha cor é a Arena Natural, a mais clarinha (perfeita pro meu bronze sulfite). Pra saber o que eu achei dessa cousa fofa, clica aqui.

Cheiro da vez: protetor solar


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off

No intuito de deixar este espaço mais educativo (só que não), cá estou eu trazendo sugestões de cheiros dentro de uma idéia preconcebida por narizes alheios. 

Explico-me: vez ou outra sairei à caça de perfumes reconhecidamente com aromas em comum. Vamos pular os hour-concours, tipo florais e frutais genéricos e afins, ok? Vamos nos ater ao, digamos, singular (ao menos por ora).

E o tema de hoje é protetor solar. Quais perfumes, dizem, trazem esse cheiro? Bom, normalmente são aqueles que possuem notas de baunilha, coco, laranja e flores tropicais, tudo junto e misturado. Raros são os que chegam chegando com notas de filtro solar propriamente ditas (sim, eles existem).

Mas, óh, importante salientar que a minha seleção pimpona se baseia em pesquisas na internê. Particularmente, ainda não cafunguei nada com aroma de filtro solar, exceto o próprio. 

Outra coisa: esse lance de perceber cheiros é, evidente, sempre muito pessoal, ou seja, nem sempre todo mundo sente a mesma delícia/porcaria. Por isso, de antemão, peço calma e clamo: cafungue você mesma pra tirar a prova!

E agora chega de enrolação! Afinal, quais perfumes trazem aquele cheirinho brejeiro de filtro solar? Chegue mais! Ou afaste-se! 



Beach (Bob Brown)

Cheiro de praia é com ele! O dito cujo traz nota de protetor solar. Sim, é isso mesmo, não se assuste.










At The Beach 1966 (CB I Hate Perfume)

Acredite, esse perfume foi inspirado no cheiro do Coppertone. Ah, e ele também tem nota de areia molhada. Ok, você já pode desfranzir os olhos e fechar a boca.











Bronze Goddess (Estée Lauder)
Tá lá o cheirinho de protetor solar sabor coco, viu? 










Suntan Lotion (Demeter)
Demeter é a campeã em cheiros inusitados. Esse perfume tem cheiro de bronzeador (que tá quase na mesma categoria do filtro solar, vai!).










Sun Delight (Jil Sander)
Protetor solar sintético feelings.









Vanille Coco (Comptoir Sud Pacifique)
Dizem que tem cheiro de praia/bronzeador/filtro solar. Não sei como a mistura de banana, heliotrópio e chantilly dá nisso, mas dizem que dá.

Desejo do dia: Encre Noire Pour Elle


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off



E lá vou eu precisar de mais rosa nessa vida! E a rosa da vez tá no Encre Noire Pour Elle (Lalique), que de noire só tem o frasco e a caixa, segundo relatam. 


Sacou que eu não cafunguei esse perfume ainda, néam? Mas, enfim, eu o terei! Terei porque boto fé nas notas e porque adorei o enganador frasco noire em forma de tinteiro.

Ah, tá, as notas! Bom, aqui vão elas: bergamota, frésia e ambreta na saída, osmanthus, rosa e kephalis no coração, e vetiver, almíscar e cedro na base. Floral amadeirado almiscarado, dizem.

Falam ainda que esse perfume é delicado, intimista, cremoso e confortável. Tudo a ver com o nome e o frasco, não? Rá! Gente, tô sendo irônica, ok? Quem sai em busca dessa fragrância atrás da proposta sugerida pela dobradinha nome/frasco vai se decepcionar. Sim, tem quem faz isso.

Update: Catei um. Não me contive. Assim que ele chegar vira texto.

Semana das flores


by Vanessíssima em , , ,

Comments Off


Bem-vinda ao resultado da minha semana floral! Usei os seguintes:


Segunda

Stella Nude (Stella McCartney): uma rosa com amor. Falei desse perfume aqui.

Terça

Beauty (Calvin Klein): jasmim maravilha. Foi falado aqui.

Quarta

Pleasures (Estée Lauder): buquê com cheiro de flor vivinha da silva. Falei aqui.

Quinta

Chloé Rose (Chloé): a rosa mais linda do mundo. Fala-se sobre ele aqui.

Sexta

J´adore (Dior): flores encantadas. Foi falado aqui e aqui.

E bora lá enfiar a touquinha de plástico na cabeça? Vem aí a Semana do banho! Prometo que vou tomar banho todo dia semana que vem. Rá!