Madly e o bicho errado


Eu sou Kenzete, cara. Sérião. Gosto de praticamente tudo o que Kenzo-san traz em termos perfumísticos. Por isso mesmo, não sei como eu me esqueci de ir atrás do Madly pra cafungar. E, bão, daí que eu fui. E o que tenho a vociferar é triste, colega. Muito triste. E simples: não rolou.


Borrifei o EDP e senti apenas unicamente tão somente e não mais do que própolis. Do comecinho ou fim. E nada além. Horizonte pequeno mesmo. Loucamente própolis (tendeu o joguete com o nome fragrância? hein? hein? hein?). 

E, caraca, como cheiro de própolis me atormenta nessa vida! Odeio! Sou familiarizada com a coisa, sabe? Aliás, vou além. Sou usuária da coisa (aplico extrato de própolis na espinha pra secar a monstra fikadica). De sorte que garrei birra do Madly que, por sinal, fixa absurdamente bem.

Descrito como floral oriental, oficialmente ele traz flor de laranjeira e pimenta rosa na abertura, incenso, heliotropo e rosa no coração, e almíscar, cedro e baunilha na base. Ué, própolis, cadê você? É, pois é, não tem. Mas meu nariz e outros mais sentiram essa presença do além (ufa, não sou a única doida).

No mais, eu li que o frasco desse perfume foi inspirado no movimento das asas da borboleta em pleno vôo. Mas tenho cá comigo que Kenzo errou de inseto. Ah, se errou! Não era pra ser abelha não, Kenzo-san? Opa, a-be-lha, hai

Comentários

  1. kkk Que pena que sua "saturação" a própolis a impeça de sentir a evolução do perfume. Aliás, sinto muita coisa em Madly e própolis não faz parte da lista.

    Quer dizer que extrato de própolis seca espinha? Vou testar esse negócio depois.

    ResponderExcluir
  2. Helen, te juro que só senti própolis. Meu marido também sentiu a mesma coisa. No Fragrantica mais gente "reclamou" disso. rs

    Ah, seca sim. Vai na fé. Mas fede e deixa a cara amarelada (sai com sabonete de boa e mancha a pia). Então, só use à noite, antes de se retirar para os seus aposentos reais, ok?

    ResponderExcluir
  3. ah, foi atrás do madly! não achei o própolis mas vou procurar. eu achei uma pera aguda no começo, meio chata, e o resto é genérico. mas com própolis ou sem própolis é um grande *bocejo* do começo ao fim. tag AMARGURA, haha!

    ResponderExcluir
  4. Denis, sua pêra me motivou a ir atrás dele. Mas não achei a dita cuja. Procurei, procurei e só encontrei própolis. rs

    ResponderExcluir
  5. Pra mim, é muito da questão do heliotropo, pimenta rosa, incenso... tudo junto. Acho que lembra um pouco própolis sim, mas não achei escancarado. Eu, em especial, gosto do cheiro do própolis, já usei o bixim como cicatrizante (não de espinhas). O EdT é mais "Mocinha", sem tanto disso. Na real, achei um desperdício criarem este Madly. Odeio quando a Kenzo faz uns perfumes aleatórios.
    O pior foi que ouvi boatos de que o l'Elephant vai ser descontinuado, e no próprio FB da Kenzo francesa, estavam fazendo uma enquete de como um novo perfume da marca deveria ser... uhn. Não sei se fico feliz ou triste.

    ResponderExcluir
  6. PnP, minha aversão ao cheiro de própolis é tamanha que só consegui sentir o cheiro disso na minha pele. rs
    Não achei o EDT pra comparar, mas imagino que ele não balance meu coração não.

    Será que vão descontinuar o elefante? Tenho pra mim não crer em boatos, porque eu me já ferrei nessas. Mas nunca se sabe. Eu sei que, oficialmente, vão lançar este ano um flanker do Amour, chamado My Love, e uma mini coleçãozinha com dois perfumes, a Couleur.

    ResponderExcluir
  7. ooops, coisas da pressa! nao vi que vc falava do EDP! no edt a pera tá la sim. mas nao é nada de mais, pode ir atrás do próximo sem medo.

    ResponderExcluir
  8. Denis, podexá. Não vou perder meu tempo com o EDT. rs

    ResponderExcluir
  9. comprei esse perfume, é própolis puro, depois muda um pouco, pois tem pimenta rosa e incenso, mas esse própolis me incomoda, uso as vezes, to doida pra acabar... rsrsrs

    ass :Baixinha!!

    ResponderExcluir
  10. Baixinha, eu não sou a única baixinha que sentiu própolis então! rs

    ResponderExcluir
  11. Vanessa, também só senti própolis! Inclusive devo ter feito uma cara muito feia quando a vendedora borrifou o perfume! Rsrs... Tinha pensado em comprar no escuro pq a preço na Sephora estava muito bom há um tempo, mas ainda bem que decidir sentir antes, senão a decepção seria grande! Larissa

    ResponderExcluir
  12. Larissa, também me senti aliviadérrima e feliz quando provei porque escapei de uma... Sou do tipo que cata Kenzo no escuro. Imagina! rs

    ResponderExcluir
  13. Van, tô com vc. Gosto demais dos Kenzo e fui como um beija flor na direção desse perfume (beija flor aqui cai melhor que borboleta, né.....), e tcharam!: própolis... aguada, levemente incensada, floralzinha, sem graça e cansativa. Detesto própolis, para mim seu cheiro lembra a saída corporal do intestino grosso sem uma higiene correta por dois dias (perdoa a escatologia, mas já que estamos falando de cheiro, hehe, aí vai.) Abs.

    ResponderExcluir
  14. Ubiratan, não sei o que aconteceu com o Kenzo aqui, viu? Não reconheço a casa. O mais incrível é que tem gente que não sente própolis aí e, putz, própolis é tudo o que eu sinto. E a sua definição foi a melhor do mundo! hahahahahaha

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais