Cheiro da vez: minimalismo


by Vanessíssima em , ,

Comments Off

Minimalismo tem cheiro? Opa, tem sim! Saca o Samba de uma nota só? Então, é quase igual, só que com perfume. Fragrância de uma nota só, tendeu? E o que temos por aí assim?





Not a Perfume (Juliette Has a Gun)
Todo trabalhado exclusivamente numa molécula chamada cetalox, muito usada como nota de base na perfumaria. O cheiro é de âmbar almiscarado, segundo dizem. Confesso que esse não perfume me tenta, viu?









Molecule 01 (Escentric Molecules)
A única nota desse perfume é uma molécula chamada Iso E Super, presente em diversas fragrâncias. Aqui ela aparece sozinha. Tem um cheiro amadeirado cristalino, pelo que andei lendo. Ainda não fomos apresentados.










Paper Passion (Steidl)
Eis aí uma solitária nota amadeirada. A proposta foi engarrafar cheiro de livro novo. Promissor, néam? Cobicei. 








Solinote (Arno Sorel)
Taí uma coleção inteira composta por perfumes de uma só nota. Tem o Ambre (âmbar, óbvio), o Coco (dispensa explicação), o Fleur d´Oranger (flor de laranjeira), o Mûre (blackberry), o Musc (almíscar), o Patchouli (sem comentários) e o Vanille (baunilha, baunilha e baunilha). Você pode usar/comprar cada um separadamente e/ou misturá-los a seu bel-prazer. O bacana é que essa linha é fácil de achar e não custa caro nem nesse país de meu deus. 
O Coco e o Vanille piscaram pra mim.









Soliflor (Il Profvmo)
A italianíssima Il Profvmo conta com uma linha feita de três fragrâncias, cada uma delas dedicada exclusivamente a uma flor. Temos Eclair de Tubereuse (tuberosa), Rose Secrete (rosa, mas você já sabia) e Vent de Jasmin (não preciso explicar, né?). Tô de zóio no Rose Secrete.






Conhece algum deles? Berra aí! Ficou algum de fora? Me desculpa e me conta!