O sorriso do figo

I see smiling figos, Bruce. Sim, um figo me sorriu (e a vaca tossiu). Quem tá chegando agora não sabe da minha ojeriza pelo figo, néam? Pois éam, coisa antiga isso. E eis que tudo mudou. Encontrei o meu figo, povo! Figo lindo ao cubo, todo pimpão. Eu sou mestra nisso, de desgostar e gostar, gostar e desgostar. 

Enfim, tá todo mundo aí querendo saber o nome do santo e eu aqui, enrolando. Atenção, rufem os tambores! Meu figo-sorriso atende pelo très très chic nome de Un Jardin en Méditerranée (Hermès).

Tenho uma ligação familiar (literalmente) com o Mar Mediterrâneo que beija a Itália, por isso meu zóio brilhou quando cafunguei esse Jardin da Hermès. O figo sorriu, gente! Bão, se eu fosse um figo e morasse na região do Mediterrâneo eu juro que viveria sorrindo. Como não? De modo que o perfume da vez me é bárbaro!

Classificado como floral aquático, ele vem com mandarina, bergamota e limão na saída, flor de laranjeira e oleandro no coração, cipreste, folha de figo, almíscar, cedro vermelho, zimbro e pistache na base.

Tudo na minha pele baila do seguinte modo: no primeiro passo temos uma saída delicadamente cítrica, uma cousa assim pomar do Mediterrâneo. No segundo passinho, levito no coração levemente floral. Dois pra lá e dois pra cá e temos uma figueira maravilinda com um fundinho amadeirado dos deuses sicilianos (ok, não tem deus siciliano nenhum, mas me deixa homenagear a minha famiglia, pô!).

A brisa é fresquinha, como aquela que sentimos logo cedinho, quando o sol mal deu as caras e o mundo todo ainda tá acordando. O cheiro é profundo, envolvente, porém de uma suavidade/paz avassaladora e paradoxal. 

Eu quase me vejo na beira do mar de Agrigento ao amanhecer (mãe, te dedico). É um perfume que me conforta, sabe? Ele me faz voltar pra um lugar de onde nunca nem sequer saí, mas que eu sei que tá lá me esperando, de braços abertos e com uma tacinha de vinho na mão.

Moço, me vê um galão desse perfume aí, per favore!

PS: Fim das férias. Tô de volta!

Comentários

  1. Oi Van, bem vinda de volta!
    Menina, deu um comichão agora querendo saber desse perfume. Descobri que sou figomaníaca! Depois eu vou mostrar no blog uma descoberta incrível da Roger & Gallet, o Fleur de Figuier que eles estão lançando, um sonhoooooooo!

    Bjo,

    Luciana

    ResponderExcluir
  2. Thanks, Lu! Olha, se você é fã de figo, vai amar ao cubo esse Hermès. Eu, que não era, amei! rs
    Fiquei até com vontade de cafungar esse Roger. Pena que aqui não tem tester da marca.

    ResponderExcluir
  3. A abertura do Roger & Gallet, Fleur de Figuier, me pareceu ameixa, depois de dois dias o papelzinho cheirou a figo, gostei. Vanessíssima parece que você pode gostar.

    ResponderExcluir
  4. Outra fã de figo fica feliz com a resenha! Bem vinda de volta!

    ResponderExcluir
  5. dan, certeza que vou cafungar esse bonito se achar um por aqui.

    PnP, thanks!

    ResponderExcluir
  6. Ah, eu adoro esse Hermès! Mas gosto mais do Un Jardin Sur Le Nil e também do Toit.
    Adorei a sua descrição, pra variar!!

    ResponderExcluir
  7. Hummm, figos! Salivei. E nada mais justo homenagear a famiglia com um Lares siciliano. Deve ter um sim!

    ResponderExcluir
  8. basemaniaca, ele é lindão, né? Le Nil e Toit ainda não conheço.

    lili, demorô!

    Diana, esse bichinho é bão até dizer chega!

    ResponderExcluir
  9. RIP meu Eau de Médi em San Marcos, Cazaquistão ou wherever vc esteja agora dp de ser enviado pela Fgx ao meu encontro e nunca ter encontrado meus braços..
    e nuca, e orelhas e td o mais...
    Nunca te vi e sempre te amei! :(((

    ResponderExcluir
  10. Dudíssima, menina, que dó! Que dó! Esse é tudibão. Certeza que você amaria esse bichim.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!