Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal



Você já repetiu tanto uma palavra até ela perder o sentido? Não? Faz o teste! Repete algo aí sem parar por alguns bons segundos. Aposto que o seu cérebro vai fazer o vocábulo se desligar do sentido em questão. A neurologia, a lingüística e a psicologia explicam, cada qual de forma distinta. Mas o que dizer de um perfume que parece uma repetição de palavra? Sim, ele existe. Para o bem ou para o mal. 

Com o perdão da palavra (ui!), me refiro ao Bright Crystal (Versace). Use-o algumas vezes e você vai achar que está sem perfume, que aquilo que você borrifou não faz sentido, que é uma mera repetição de notas, que não te atende, saca?

Floral frutal, ele vem com yuzu, romã e notas aquáticas na saída; lótus, magnólia e peônia no coração; e almíscar, mogno e âmbar na base.

Cheiro de nada com coisa nenhuma igual a tantos outros que existem por aí define. Assim ele me (desa)parece. Nem no calor, quando a gente busca os fresquíssimos, ele me atende como deveria. Você toca a campainha e fica lá esperando, em vão, alguém abrir a porta, saca? A pessoa marca com você e dá o cano. Frustrante.

Forçando bastante a barra, sinto a vibe aquática com almíscar e um pouquinho de frutinha cítrica beeeeeeeeeeeeeeem de longe. Coisa soft, genérica, quase inútil. Creio piamente que gente doida por perfume, como eu, pode passar sem esse, viu? Água de batata rulez.

Limpinho demais, bom moço demais, genro que toda sogra quer ter demais (taí qualidades que evito em perfumes e em pessoas. rá!). Na real? Bright Crystal não é o tipo que faz diferença numa coleção. Logo, logo você tá deixando ele de lado e indo atrás de bad boys, de sustância, de emoção, entende?

Nem parece coisa do Alberto Morillas. Mas é. Vai ver no dia em que criou o Bright Crystal, o cara repetiu tanto a palavra "perfume" que ela perdeu o sentido pra ele. Acontece. Tá desculpado, Morillas!

Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal, Bright Crystal...

Comentários

  1. Tbém acho. Água de chuchu. Perfuminho besta que só.

    ResponderExcluir
  2. Diana, eu sabia que não tava sozinha nessa!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente esses águas de chuchu invadem cada vez mais as estantes das perfumarias. É o que o povo gosta. Canso de ir atrás de um perfume descrito como "maravilhoso", "incrível", e acho uma água de chuchu. Qualquer dia eu me revolto e só vou tomar ducha de Kourus, rsrs. Abraço

    ResponderExcluir
  4. Alessandro, concordo e apóio!
    Ainda se a água de chuchu fosse gostosinha, né?

    ResponderExcluir
  5. Ganhei uma amostrinha do Bright Crystal, fui logo aplicando no pulso e já imaginei a propaganda, com aquela música, o frasco se acendendo e a modelo em êxtase (sim, sou doida e quando passo perfume imagino o comercial kkkk). Cheirei o pulso e nada. Então apliquei mais um pouco e o que senti, com muito esforço, foi um "tico" de flores brancas e nada mais. Acho que quem não quer sair da zona de conforto ou tem medo de ousar, Bright Crystal está de bom tamanho.


    ResponderExcluir
  6. A língua enrolou de repetir Bright Crystal, haha! Também tive a mesma impressão quando borrifei ele na pele....mais do mesmo! Mas o que achas do outro Bright Crystal (vidro marrom)? Conheces? Acho ele bem bom para o inverno, suculento, forte e impactante, o que achas?

    Beijo e boa semana com águas refrescantes que não sejam de chuchu, rsrs
    Malú

    ResponderExcluir
  7. Mesmo gostando de chuchu (não em perfumaria) entendo perfeitamente sua frustração!

    ResponderExcluir
  8. Ai Van, posso te falar uma coisa?! falo mesmo assim: esse Bright Crystal não me aquece nem arrefece, e agora ainda menos..Água de Xuxu sai de mim, ExU!!!

    ResponderExcluir
  9. aí é ruim! água de batata, de salsicha, de pano, café frio!

    ResponderExcluir
  10. # 5, Bright Crystal é um nada mesmo. rs E, de fato, ele é pra quem tem medo de perfume.

    Malú, gatona, você se refere ao Crystal Noir? Ainda não conseguir cafungar o dito. Há tempos ando atrás, mas não acho cá na roça.

    Lu, confesso que tem água de chuchu gostosinha sim, mas essa aí abusa da minha boa vontade. rs

    Duda, num é?

    Dênis, café frio! rs Pode crer!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!