Água das maravilhas


by Vanessíssima em ,

Comments Off

Eau des Merveilles (Hermès) não topa com resenha cheia de paranauês. O negócio tem que ser simples. Tal qual o cheiro que sai dali. 

Aroma de laranja em tom pastel com uma pitada de sal. Singelo mas não menos refinado. Orgânico e chique. Pra borrifar ouvindo Get Lucky, do Daft Punk. Coisa nova, porém familiar, mas num nível acima, saca?

E temos laranja, limão e resina na saída; âmbar, pimenta rosa, violeta e pimenta no coração; abeto, musgo de carvalho, cedro e vetiver na base.

Abre alaranjado e morno com direito a uma colherinha das de café de sal (sim, freak, todavia bão demais). No compasso seguinte, surgem o âmbar e a pimenta. E depois chega o aceno amadeirado.

Perfume intimista e andrógeno, que te hipnotiza sampleando a guitarrinha marota do Nile Rodgers (mas óh, o Nile tocou de verdade na Get Lucky, viu?). Aaaahh freak out! Le freak, c'est Chic!

Se morri de amores por ele? Não, não morri. Por motivos de: tenho problema com laranja. Mas reconheço a bem-feitura da coisa.

We're up all night to get lucky.