Cheiro da vez: Brazil (com zê)


by Vanessíssima em , ,

Comments Off

Como não deixar passar um mercado [cof cof] emergente como o nosso, néam? De olho no Brasil, tem muita gente por aí vendendo o [cof cof] south american way engarrafado. Tudo bem que pra muita gente de fora Hong Kong é aqui, a capital do País é Buenos Aires e a gente fica na África, mas tudo se resolve com uma singela [cof cof] homenagem, certo? Bora engarrafar o que o Bananão tem de melhor? Não, ainda não fizeram perfume de venda a prazo, meu povo! Mas fizeram de caipirinha e etc e tal. E viva o clichê (com pitada non sense)! Saca só:





Batucada (L´Artisan Parfumeur)
Limão, hortelã, cana-de-açúcar, ylang ylang, tiaré, coco, água do mar e sal, tudo "sexy as a Brazilian dance". Viu, vem cá! Jura, L´Artisan?






Cruise Collection Escale à Parati (Dior)
Dior, olha só, a cidade histórica do Rio de Janeiro se chama Paraty, com y no fim, viu? Essa é a forma adotada oficialmente no município, ok? Mas quem criou o Pure Poison tem cem anos de perdão. Rá! Escale à Parati (sic) tem petitgrain, limão, laranja amarga, pau-rosa, canela, hortelã, framboesa, fava tonka e notas amadeiradas. Bom, depois do Paraty com i...





Aqua Allegoria Limon Verde (Guerlain)
Limão, notas verdes, frutas tropicais, figo e fava tonka na avenida. A inspiração, diz a Guerlain, veio do "Brazil's national cocktail". Pena que o nome do perfume não traz a alcunha da fruta em português (mas o "verde" tá lá, néam?). Guerlain, tudo isso é medo do til do limão? Li-má-ó para os gringos, né? Explicado!






DKNY Be Delicious Rio (Donna Karan)
E o Rio de Janeiro, fevereiro e março virou perfume. Alô, alô, Donna Karan, aquele abraço! Maçã vermelha, flor de maracujá, flor de laranjeira, gardênia, sândalo, benjoim e mirra buzinando a moça e comandando a massa.





Samba (Perfumer´s Workshop)
Laranja, lírio, tangerina, musgo de carvalho, frésia e neroli. Se esse é o cheiro do samba, tenho medo do aroma da bossa nova. No mais, Perfumer´s Workshop, acordei boazinha hoje, então segura o slogan grátis: "Quem não gosta de Samba bom sujeito não é". Rá! De nada!






Brazilian Soul (Bottega Verde)
A italiana Bottega Verde desvendou a alma das brasileiras, hein! E ela tem ameixa, laranja, pomelo, pêssego, pimenta rosa, flor de laranjeira, jasmim, rosa, gerânio, baunilha, cedro e caramelo. Somos frutadas e meladas, não? Agora é a minha vez: desvendei a alma das italianas! E ela tem cheiro de macarronada. Rá! Não gostou, né, Bottega Verde? Mexe com a gente, mexe!



Rockin' Rio (Escada)
Abacaxi, tangerina, mamão papaia, pêssego, cana-de-açúcar, coco, sândalo e almíscar. Não, esse perfume não tem nada a ver com o festival caça-níquel de música do Medina (cuja grafia é Rock in Rio). E, sim, a caixinha desse Escada faz alusão ao Carnaval (?). Hein? Como assim? Como assim? Tudo bem, o próprio Rock in Rio quase não tem rock mesmo.






Brazilian Mango Grapefruit (Pacifica)
Que tal uma lira à nossa manga e à nossa toranja que, muita atenção agora, nem nativas são? A Pacifica achou boa idéia. Esse perfume vem com toranja, manga, pêssego, damasco e abacaxi.








Very Sexy Now The Beauty of Brazil (Victoria`s Secret)
Mamão papaia, orquídea e coco, tudo véri séguice like as brasilêra tudo.








Bahiana (Maitre Parfumeur et Gantier)
O que é que a Bahiana (sic) tem? Tem laranja, tangerina, limão, resina de abeto, madeira guaiac, rosa, âmbar, coco e almíscar tem. Um h onde não deve, tem.







Brazil Nut (The Body Shop)
Aqui nem rola uma homenagem/inspiração/pagação de mico propriamente dita, já que brazil nut é como os estrangeiros chamam nossa boa e velha castanha-do-pará. O perfume tem, além da castanha, baunilha e chocolate amargo.