Minha insolência


by Vanessíssima em , ,

Comments Off

Começo abrindo o jogo: eu não gosto de frutas vermelhas e My Insolence (Guerlain) é todo trabalhado nas frutas vermelhas. Perdoem minha insolência (e o trocadilho também), mas esse perfume não é pra mim. Mas tudo bem, vamos lá! Vamos supor que eu não ache frutas vermelhas sintéticas demais, enjoativas demais, menininhas demais, e que elas não me causem enxaqueca. Vamos fingir que eu adoro frutas vermelhas, ok? Combinado? Então tá!

My Insolence é um floral gourmand segundo a própria Guerlain. E eu concordo. O perfume vem com framboesa na saída, jasmim e flor de amendoeira no coração, e baunilha, fava tonka e patchouli na base. Qualquer semelhança com o La Petite Nobe Noire EDT não deve ser mera coincidência. Ambos se parecem aqui e ali, sendo mais intenso e profundo o objeto deste texto. É como se o La Petite fosse a versão desnutrida do My.

My Insolence começa doce, segue doce e termina doce. A framboesa dá o tom do começo ao fim. Ela é madura, açucarada e picante no início. E intensa. Bem intensa. Ela sacode todo mundo e dá aquela acordada marota no nariz. Depois vem o conforto. O jasmim é tímido e serve só pra quebrar a frutalegria. A flor de amendoeira é linda, morninha e dá um toque de talquinho bastante interessante, que sofistica a coisa toda. A base esquenta mais o todo, e adoça, claro, mas de forma inteligente e elegante. Baunilha burra e vulgar não existe quando se fala em Guerlain. E a pitadinha de patchouli deixa o final chique.

Eis um perfume fortemente feminino, cor-de-rosa e gourmand with elegância. Moderadamente atalcado, quentinho e carregado de frutas vermelhas, My Insolence é incrivelmente bem feito e não desagrada quem curte a vibe prometida. Seria a minha escolha invernal caso eu não fosse tão chata. Rá!