Bvlgari Blackstar Bowie

Bvlgari Black (Bvlgari), taí um perfume divertidíssimo! Bom, pelo menos pra pessoa aqui, que brincava ao lado do irmão caçula com aqueles bonequinhos de super-heróis japoneses (eu era viciada em ver isso na TV), todos eles feitos de borracha/plástico/vinil. Action figure é o nome chique da coisa-boneco. Pois bem, Bvlgari Black tem cheiro de action figure! E digo mais: Bvlgari Black cheira a action figure do Black Kamen Rider! #aloka #redemanchetebeijosmeliga

Considerado pela marca como unissex, Bvlgari Black é diferente do que rola no mercado e, por isso mesmo, já vale a compra. Ok, exagerei. Na real, ele não é perfume pra ser comprado no escuro. Algumas pessoas podem achá-lo não convencional demais. Esta que vos escreve o considera uma pequena obra-prima cheirosa para pessoas corajosas and sexies. Praticamente o David Bowie da perfumaria. Ei, Bvlgari, contrata eu pro marquetingui? Ok, pelo menos eu tentei.

Marotíssimo and urbano, ele tem chá preto e fumaça na saída; borracha e resina no coração; e âmbar e madeira na base. Sentiu o drama? O resultado, pra mim, é um cheiro avassalador e encantado de borracha amarguinha (ou de Black Kamen Rider se você for eu). O chazinho (praticamente o DNA da Bvlgari) tá ali, suavizando a pauleira. Tem baunilha e couro também, mas a Bvlgari esconde o jogo.

Black consegue, sei lá como, transformar estranheza em força de forma elegante, tal qual fazia David Bowie, saca? Esse perfume, baby, pega na tua mão e te leva pra dar uma voltinha ao som do Camaleão do Rock em planetas nunca antes visitados. Mas o meio de transporte do Ziggy Stardust aí sai cantando pneu, viu? Borracha queimada rulez! E que borracha! Melhor ainda se o tempo estiver frio.

Bvlgari Black te cata pelo braço e diz: ch-ch-ch-ch-changes, turn and face the stranger. Salve, Bowie!

E, sim, tivemos Black Kamen Rider e David Bowie num mesmo post. Sobre perfume! Aceita que dói menos.

PS 1: Sacou o trocadilho barato do título envolvendo o nome do perfume e o último álbum do Bowie (a saber: Blackstar), né? De nada! 

PS 2: Sim, o blog está de volta!

Comentários

  1. Ah que saudade de suas resenhas sempre tão incríveis! Ainda não conheço esse perfume, acredita? E que referencias espetaculares, Bowie e Black Kamen Rider... Saudade das tardes despreocupadas vendo TV Manchete... ah, eu era feliz e não sabia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, queridona! E, menina, todo mundo precisa conhecer o Black. É uma experiência única! Mesmo que não dê em nada, vale uma cafungada.

      Excluir
  2. Ahhh! Que linda! Ela voltou!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Obaaaaaaaa, voltoooooooou!!! Já não tava mais aguentando viver sem você :)

    ResponderExcluir
  4. Oo coisa boa ler um novo texto seu!!
    E agora já quero conhecer este Bvlgari, eles realmente deveriam te contratar para o mkt.

    Tiago S. /Santos_sp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago, obrigada pelo carinho e pelo apoio junto à Bvlgari. rs

      Excluir
  5. Oi van!
    Que surpresa maravilhosa seu retorno!
    Entrei só pra matar saudade de seus textos formidaveis e...pa!
    O blog ativo e com um texto excelente como sempre. Felicidad verdadeira-define:))
    Sobre o black, conheci por causa do Denis do 1 nariz, que tbem nutre afeto por ele.
    Achei interessante e me impressionou a arte que é fazer borracha transfigurar se em um cheiro sofisticado, desejável. Achei bem masculino, nao usaria. Mas gostaria de sentir no marido.
    Feliz por vc estar de novo conosco\0/.
    PS: fala do body burberry , please!
    Bjo. Graciele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graciele, que gostoso esse carinho todo seu! Obrigada! E foi o Denis que me apresentou ao Black, acredita? Graças a ele cafunguei e gamei. Sobre o Body, nossa, faz tempo que tô devendo resenha dele, que vergonha! Prometo que logo sai.

      Excluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo?
Se joga! Com classe, por favor!